Projetar Pessoas por Marília Soré

24 maio 2018


1. Perfil do Entrevistado:
Nome: Marília Soré
Atividade desempenhada: Life Coach
Descrição de sua experiência/perfil:
Psicóloga; Pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas; Certificada internacional como
Analista DISC e Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching, parceira do Institute Of Coaching Professional Association, órgão afiliado à Harvard Medical School. Onze anos de atuação em Recursos Humanos, com foco em Performance e Desenvolvimento de Pessoas.

2. Para você o que é Projetar Pessoas?
Projetar pessoas é apoiá-las em seu desenvolvimento, para que encontrem o caminho que os
levará a atingir metas tanto pessoais quanto profissionais. Mais do que isso, para mim, projetar pessoas é ajudá-las a perceber que a resposta para o sucesso está dentro delas, e é exatamente isso que me encanta no Coaching.
É um processo muito verdadeiro, onde deixamos claro para o cliente que nós não somos os peritos em suas vidas e que os verdadeiros especialistas são eles. Entendo que meu principal papel é o de ser uma facilitadora, é provocar, é apertar, é não deixar o Coachee fugir ou se acomodar. Eu particularmente acredito muito em tomar para si a responsabilidade pelo que acontece em sua vida. Claro que alguns imprevistos acontecem ao longo do caminho mas, de maneira geral, o dono da sua vida, da sua carreira, do seu sucesso ou do seu fracasso, é você.

3. Conte uma vivência aonde você foi projetado enquanto pessoa:
Para mim, o próprio Coaching foi uma projeção. Fui buscar a formação com uma ideia
completamente errada sobre o que era a metodologia. Tinha duas colegas que eram Coaches
formadas, mas nunca conversamos profundamente sobre o que realmente um Coach fazia e
conhecia também uma pessoa que dava “Coaching”, ou pelo menos o que eu achava até então
que era Coaching, pois era assim que ela apresentava seu trabalho.
Me interessei por aprender e pesquisei as melhores instituições que poderiam me dar a formação mais sólida. Logo nas primeiras aulas entendi o que essa metodologia queria dizer e qual era seu principal objetivo, foi fantástico! Me apaixonei! Isso abriu minha cabeça, me fez distinguir o que eu via por aí e compreender o que era Coaching e, principalmente, o que não era. Comprei livros, pesquisei, assisti vídeos, discuti o assunto com Coaches já experientes. Antes da formação terminar eu entendi que era aquilo que eu queria fazer da minha vida. O meu desenvolvimento enquanto Coach me levou a tomar atitudes diferentes em relação à minha carreira e ao meu comportamento frente aos meus objetivos.

4. Cite uma situação em que você pôde contribuir para a projeção de uma pessoa:
Tive uma coachee (cliente, para quem não está familiarizado com os termos dentro do
Coaching) que era bastante insegura, não acreditava muito na qualidade do seu trabalho nem no seu potencial. Ela tinha uma crença limitante de que não era tão boa quanto os demais profissionais que atuavam com ela. Trabalhamos muito essa crença, e usamos bastante todas as fortalezas que ela possuía para desconstruir esse mito, trabalhamos organização e trouxemos a tona toda a capacidade que ela achava que não tinha. Foi sensacional ver a mudança de comportamento dela.
Cada vez que ela tinha um insight sobre o que deveria fazer para alcançar o que desejava, e principalmente, sobre o quanto ela era boa no que fazia, eu soltava fogos por dentro. Era como se a vitória dela fosse minha também. Ao final do processo era visível a autoconfiança que ela tinha desenvolvido. Ver um Coach atingir sua meta é o ápice da atuação enquanto Coach, é vitória dupla para nós.

5. Passe uma mensagem para o Projetando Pessoas:
Pare de reclamar! A grande verdade é que nos acostumamos a reclamar do que não
queremos, do que não gostamos, da vida que não queremos ter, das pessoas com as quais não
queremos conviver, mas pouco fazemos para buscar uma mudança efetiva. Ao invés de pensar
em tudo o que você já fez para alcançar o que deseja, e que não deu certo, pense no que você ainda não fez. Não se acomode. Busque a mudança sempre e, claro, seja feliz!
6. Sugira o que gostaria de encontrar no Projetando Pessoas no próximo ano do Site:
Claro que é importante ouvir a perspectiva dos Coaches sobre projetar pessoas, sobre o
processo de Coaching, mas seria muito interessante também ler depoimentos dos próprios
Coachees a respeito de sua experiência com a metodologia, como isso os apoiou no alcance
das metas, que mudanças perceberam em seu comportamento, etc. Ouvir o lado deles e suas
conquistas a partir do processo é primordial.

7. Contatos:
Página: https://www.facebook.com/coach.mariliasore
Email: mariliasore@gmail.com
Cel: 11 97953-3925
Messenger Face: @coach.mariliasore
Atendo em Alphaville e Osasco, na grande São Paulo.