Projetar Pessoas por Wanda Quadra

30 ago 2018


1. Perfil do Entrevistado:

Nome:
Wanda Quadra

Atividade desempenhada:
Sócia-Diretora e co-fundadora da Be Coaching Brasil.

Descrição da experiência/perfil:
Psicóloga Organizacional, com certificação em Professional & Executive Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching, maior referência em Coaching no Brasil, e Health & Wellness Coaching pela Wellcoaches - School of Healthy & Wellness Coaching, nos Estados Unidos.

Atua como Coach desde 2009, agregando ao seu trabalho uma vasta experiência em desenvolvimento humano, adquirida ao longo de mais de 25 anos de carreira em Recursos Humanos e consultoria em Gestão dePessoas para empresas de diferentes segmentos de mercado.

Realiza palestras e workshops sobre Comunicação Não-Violenta, Comunicação Empática na Mediação de Conflitos e Liderança Colaborativa.

2. Para você o que é Projetar Pessoas?

Para responder à esta pergunta, me inspirei no significado do verbo “projetar” - arremessar, arrojar, fazer um projeto. Ao longo da minha experiência, principalmente como Coach, tenho apoiado muitas pessoas a se lançarem em busca de novos desafios, definirem projetos de vida pessoal e profissional, desenvolverem novas habilidades e avançarem em busca de satisfação e realização.  O caminho percorrido para isso, é o que defino como “projetar pessoas”: promover autoconhecimento, autorresponsabilidade, autonomia, autoestima, autoconfiança e autoeficácia.

3. Conte uma vivência aonde você foi projetado enquanto pessoa:

No ano de 2009, eu prestava serviços de consultoria em Recursos Humanos e me enxergava nessa atividade por muito tempo, pelo prazer que o trabalho me proporcionava. Durante um café com uma amiga, Andréa Guerra, também da área de RH, me vi questionada por ela sobre a possibilidade de expandir a minha carreira com a atividade de Coaching. Aquela conversa despertou em mim muita curiosidade e fui pesquisar a respeito da formação. Conspiração do Universo ou não (rs), se apresentava para mim uma incrível oportunidade. A SBCoaching – Sociedade Brasileira de Coaching, estaria realizando, no Rio de Janeiro, a primeira turma de PPC (Personal & Professional Coaching), tendo como professores Villela da Matta e Flora Victoria, respectivamente presidente e vice presidente da instituição. Foi a única vez que vieram ao Rio ministrar aulas de PPC e eu estava lá. Começava, ali, uma nova jornada profissional, repleta de desafios, regada de muita dedicação e conhecimento, muita satisfação e prazer. Sou grata à Andréa por ela ter me projetado a esse novo patamar de realização pessoal e profissional.

4. Cite uma situação em que você pôde contribuir para a projeção de uma pessoa:

Vou compartilhar parte de um depoimento que recebi de uma Coachee, que buscou o Coaching porque estava insatisfeita com seu peso, com seus relacionamentos familiares, com sua falta de vitalidade. Escolhi essa situação, porque exemplifica bem a minha definição de “projetar pessoas”. Ao final de 8 sessões, realizadas via Skype, ela me escreveu: “Agradeço por ter tido a oportunidade de conhecer sobre Coaching, CNV (Comunicação Não-Violenta) e Mindfulness. Durante o processo, o pouco que consegui absorver sobre isso, foi muito no reconhecimento, aceitação e conscientização dos meus atos, atitudes, corpo físico, mental e principalmente sentimentos. Aprendi que a minha vida está sendo determinada não tanto pelo que ela traz ou apresenta, mas pela forma como eu olho o que acontece. Meus problemas fazem parte de minhas construções de felicidade e destino. Se quero seguir adiante tenho que aprender a resolver meus problemas comigo mesma. Que na maioria das vezes o julgamento que faço de mim mesma ou de outros, são expressões de minhas necessidades insatisfeitas. Que quando as expresso, tenho mais chance de satisfazê-las. Entendi que no interior de uma pessoa “casca grossa”, existe uma pessoa que, como eu, deseja ser entendida, apreciada, amada. Abri meus olhos para respeitar também minhas necessidades e não só as dos outros”.


5. Passe uma mensagem para o Projetando Pessoas:Obrigada, Sandra, por ter me dado a oportunidade de refletir sobre esse tema e o quanto ele representa na minha vida e na vida de muitas outras pessoas.

6. Sugira o que gostaria de encontrar no Projetando Pessoas no próximo ano do Site:

Gostaria de sugerir o tema “Projetar Pessoas para um cenário volátil, complexo, de rápidas e profundas transformações, sob a influência da cultura digital”.